Apresentação

As áreas de informação e documentação vêm sofrendo grandes mudanças impostas pelas novas tecnologias da informação (TI). Os novos formatos digitais para as publicações modificaram os procedimentos existentes para o ciclo documental.

As bibliotecas jurídicas, com suas coleções híbridas, vivem momentos de transição entre o mundo impresso e o digital.

Muitos autores já escreveram sobre a permanência do livro impresso, entre eles Umberto Eco. Com certeza, o livro existirá e persistirá por muitos anos. Mas é inegável a chegada do livro digital nos acervos das bibliotecas jurídicas. Urge que se discutam profundamente as consequências e as mudanças que estão ocorrendo e outras que ainda estão por vir. Essas e outras discussões estarão presentes na programação do 3º SNDIJ.

O SNDIJ estará dividido em conferências e painéis com os seguintes eixos temáticos: Bibliotecas digitais : cenários e tendências; Informação jurídica: antigas práticas, novos modelos; Bibliotecas, arquivos e museus em prol da qualidade na gestão da informação jurídica e Soluções ao alcance de todos.